Notícias

Bancarização será o principal fator de aceleração do P2P como meio de pagamento

por Notícias às 10:06 de 13/06/2018 em Mercado de Cartões

Fonte: CANTARINO BRASILEIRO

Com base nas experiências de países do BRICs e de outras regiões, os especialistas acreditam que a tendência é a bancarização funcionar como o principal fator de aceleração para o uso do modelo P2P como forma de pagamento no Brasil.

Essa foi uma das principais conclusões do painel ‘A Revolução do P2P’ realizado ontem (12) no CIAB FEBRABAN. A discussão foi coordenada pelo Diretor de Negócios Digitais do Banco do Brasil, Marco Mastroeni e contou com a participação do Presidente da Vocalink, David Yates, do Senior VP da Wipro, Fabiano Funari, e do Division President South LAC da Mastercard, João Pedro Paro Neto.

Apesar do consenso em torno da questão de que a regulação seja o alicerce para o desenvolvimento do uso massificado deste tipo de transação, os exemplos internacionais mostraram que a bancarização tem um papel fundamental na disseminação do modelo.

Ao falar sobre o assunto, David Yates trouxe exemplos como o da Tailândia, onde o número do telefone e o endereço de email passaram a ser considerados identidade bancária. “Lá o governo decidiu não pagar nenhum benefício social em dinheiro e se transformou no grande impulsionador do uso do P2P e dos pagamentos eletrônicos”, disse.

Na mesma linha, Fabiano Funari lembrou que na Índia a bancarização foi o grande estimulo, assim como na China, que abreviou a fase dos cartões. “Creio que a bancarização e a existência de múltiplos modelos em funcionamento à disposição do usuário farão o P2P deslanchar no Brasil”, disse.

Enquanto isso, João Pedro Paro Neto se baseou em números de uma pesquisa da Accenture para mostrar o tamanho da oportunidade que este mercado representa. “Ele movimenta US$ 47,3 bilhões com um volume de 3.3 bilhões de transações. Isto significa 20% do mercado de cartões no Brasil e representa uma das grandes oportunidades para avançar sobre as transações em dinheiro”, disse.